As estratégias mais simples e eficazes de marketing para pequenas empresas

Posted on in Geral Tags ,

As estratégias mais simples e eficazes de marketing para pequenas empresas

Maneiras e estratégias para atrair clientes!

Este é o foco central deste artigo.

Se você tem responsabilidade sobre alguma empresa (nem que ela seja somente você), sabe muito bem a importância da captação constante de novos clientes.

Os clientes são a razão de existência de todos os negócios, são eles quem trazem o dinheiro e são a razão da existência de sua empresa.

Henry Ford já havia muito bem colocado: “Não é o empregador quem paga os salários, mas o cliente.”

Pois bem, como responsável por uma pequena empresa, você está constantemente à procura de novas maneiras de atrair e reter clientes.

É isso que faz o seu negócio girar.

Atrair, reter, atrair, reter…

Mas, para isso acontecer é preciso, antes de mais nada, de um serviço de qualidade.

Óbvio.

Caso contrário, esse ciclo – atrair e reter – se quebra.

Então se você ainda não confia o suficiente no seu serviço/produto nem pense em investir em estratégias de atração de cliente.

Foque em satisfazer aqueles poucos que tem!

Agora se você está procurando novos clientes, seja porque esteja inaugurando, lançando uma nova unidade, um novo concorrente apareceu, precisa vender/preencher horários em ocasiões mais “calmas” e outros motivos nobres; iremos ajudá-lo.

PLANO DE MARKETING – DE UM JEITO BEM FÁCIL!

Provavelmente você está pagando por alguma forma de publicidade, quer seja em uma fachada nova, em um jornal local, anúncio de rádio, panfletos na rua e vizinhança, cartões de visitas ou parcerias com outras lojas perto de você.

Provavelmente, também, já tem ou busca uma presença online mais forte (site, ads no google, redes sociais…).

Mas você sabe a melhor opção?

Será que você está investindo nos canais certos?

Será que está desperdiçando dinheiro ou perdendo alguma oportunidade?

A resposta para essas questões começa pelo Plano de Marketing. (Relaxa, qualquer um pode fazer e não toma muito tempo).

Realmente deve ser muito difícil ter tempo e calma para pensar, executar e se dedicar a esse importante assunto enquanto você tem outras milhares de responsabilidades e tarefas urgentes.

Por isso, decidimos dividir um plano simples e que possa lhe ajudar.

Baseado no consagrado livro que ajuda pequenas empresas do mundo inteiro à serem mais enxutas e efetivas na divulgação de seu negócio, o “Marketing de Guerrilha” de Jay Conrad siga abaixo as dicas de como se fazer um bom plano de marketing para atrair clientes.

Siga os sete elementos essenciais de um plano de marketing e reúna-os de forma concisa em um parágrafo.

Isto mesmo; nada mais do que isso.

Este parágrafo será seu guia.

E não precisa definir todos os detalhes (você não tem tempo e irá acabar se perdendo).

“O plano começa com o objetivo do marketing – isto é, começa com resultado final e com aqueles que vão contribuir para ele: o público alvo.

Então, enumeram-se as ferramentas de marketing.

Depois vem a declaração de posicionamento, que explica o que o produto e a empresa representam – por que a oferta tem valor e deve ser comprada.

A identidade vem a seguir.

E os custos do marketing embrulham tudo.”

1. OBJETIVO DO MARKETING

Antes de mais nada defina a decisão física que você quer que seu cliente em potencial tome, como clicar num site, visitar a sua loja, recortar um cupom, ligar para um número, fazer test drive.

2. COMO VOCÊ VAI ATINGIR ESSE OBJETIVO

Sua vantagem competitiva e seus benefícios.

3. SEU MERCADO(S)-ALVO(S)

Pra quem você quer vender ou falar.

Quem são eles: características desejos, onde estão, hábitos…

4. AS ARMAS DE MARKETING QUE VOCÊ IRÁ USAR

Olha para o seu mercado-alvo.

Agora pense onde (rua, ponto de ônibus, trabalho…) e quando(almoço, lanche, antes do trabalho, em casa, no carro…) você poderia falar com eles.

Agora junte tudo e pense como atingi-los (as armas)

5. SEU NICHO, SUA POSIÇÃO E O QUE VOCÊ REPRESENTA

Quando este cliente vê você o que ele deve pensar?

Que você tem preço bom?

Entende do assunto mais que ninguém?

É honesto?

6. A IDENTIDADE DO SEU NEGÓCIO

7. SEU ORÇAMENTO

Que deve ser expresso como um percentual de receita bruta ou apenas o budget (quantia de dinheiro disponível) para um determinado tempo.

RESULTADO

O resultado final deve ser algo parecido com:

“O objetivo do marketing da SALAOdeBELEZAs/a é atrair novos clientes para nosso estabelecimento nos horários mais vazios.

Isso será alcançado reforçando a qualidade dos nossos serviços, produtos e profissionais; informando a nossa localização e opções de contato e informando os horários onde existem condições especiais.

O mercado-alvo será as mães e alunas da escola mais perto e profissionais que trabalham nos bairros a cerca que estarão disponíveis nesses horários promocionais.

As ferramentas de marketing que serão usadas vão incluir uma combinação de circulares em sinais antes e depois da aula, panfletos nos endereços comerciais, anúncios em murais da região e parceria com restaurantes e lanchonetes.

A empresa se posicionará como a oportunidade de serviço beleza de alto nível com preços inacreditáveis em horários incomuns.

A identidade será reforçada com o atendimento no alto padrão e atenção com o intuito de torná-las clientes normais que frequentem o salão em outros horários.

5% do faturamento será gasto nos próximos 3 meses.”

Agora mãos a obra.

DICAS DE “FERRAMENTAS” PARA ATINGIR SEUS CLIENTES

Aproveitando o assunto resolvemos ajudá-lo ainda mais.

Confiando nas sábias palavras de Conrado Adolpho: “A melhor maneira de encontrar seu cliente é ser encontrado por ele”, decidimos reunir aqui as melhores formas de “se mostrar” para os clientes:

# 1: Folhetos, circulares & cartão:

Ótimo custo-benefício e vai ajudar a espalhar você para clientes locais (perto de você).

Certifique-se de que a sua mensagem nesses materiais é consistente em todos eles, que é fácil de encontrar informações, links de sites e números de telefone.

Pense fora da caixa sobre lugares para deixar seus panfletos e cartões postais.

Se você um centro de Yoga talvez seja interessante divulgar nos escritórios perto aulas especiais para profissionais logo ou antes do expediente.

1. Faça um material consistente (aparência e informações)

2. Mapeie os melhores lugares (estabelecimentos e ruas) e horários para entregar o seu material

3. Considere investir no treinamento de quem irá entregá-los, ou até em uniformes.

#2: Anúncios em classificados e em jornais locais:

Talvez seja interessante lançar promoções ou simplesmente se posicionar como o especialista no seu ramo da sua região.

Esses anúncios valem a pena caso tenham certa constância (1 a 3 vezes semanais por um período determinado).

No entanto, podem pesar no orçamento.

Uma boa opção é, dependendo do tamanho do veiculo, barganhar com serviços o preço sugerido.

# 3: Marketing/Parcerias Locais:

Junto com os panfletos e cartões postais, considere com quem você pode se associar.

Se você é um terapeuta pode ser interessante se alinhar com médicos e lojas de esporte da região.

Pense em quais parceiros locais podem lhe render clientes e como você pode ajudá-lo.

1.Defina o perfil de seu cliente (Idade, preferências e características)

2.Liste os possíveis profissionais/lugares que tem haver com seus clientes (lanchonete, estacionamento, livraria, ponto de ônibus e outros)

3.Mapeie os parceiros com o perfil acima perto de você

4.Ligue e agende uma reunião para conversar sobre uma possível parceria

5. Mãos a obra (aproveite para ser criativo)

Conheça nossos Planos de Agenda OnLine

# 4: Marketing Online:

A presença online é o primeiro e fundamental caminho para divulgar seu negócio na web.

No entanto é preciso saber como utiliza-la da forma correta.

Vale a pena pesquisar mais sobre mídias nas redes sociais, ads e SEO em buscadores e sobre os agendamentos pela internet.

# 5:Presença Online:

Qualquer pequeno negócio, que atualmente não tem uma presença online (site, redes sociais e outros), além de estar escondido de potenciais clientes, provavelmente recebe telefonemas desnecessariamente.

Enquanto uma presença online efetiva requer um investimento inicial de tempo e dinheiro, a economia de tempo de um site bem concebido vale a pena.

Considere opções como: site, redes sociais e agendamento online.

# 6: Encontros/Eventos:

Já pensou em organizar pequenos eventos?

Sediar uma abertura, reforma, promoção ou uma festa de aniversário ou qualquer outro tipo de festa que você pode pensar pode gerar muito “buzz” sobre seu negócio.

É uma grande oportunidade para mostrar-lhes em torno do seu estabelecimento e apresentá-los aos seus serviços.

Pense oferecendo prêmios de rifa, como aulas gratuitas ou coisas de valor.

1. Pense em uma data importante e de fácil adesão pelas pessoas (happy hours às quartas e quintas são ideias)

2. Considere em disponibilizar comes e bebes de graça (parcerias, parcerias e parcerias!)

3. Convide amigos e espalhe a noticia (redes sociais, telefonemas, convite um-a-um…)

4. Peça uma pré confirmação pois diga que o evento é “limitado”

5. Faça algo que movimente a festa em torno de seu negócio (brincadeiras, promoções ou outros)

# 7: Programas de indicação:

Crie um programa de indicação onde você recompensa seus clientes por recomendar de novos clientes.

É muito importante pensar como você irá controlar e gerenciar as informações deste programa e certificar-se de treinar todos os seus funcionários.

Outra dica, é testar este programa com poucos clientes inicialmente para evitar surpresas maiores.

Assim você tem tempo de corrigir pequenas falhas que possam se tornar uma dor de cabeça.

# 8: Brindes / Ofertas:

Pense em longo prazo. Isso pode, inclusive, significar a venda gratuita de um serviço, mesmo para novos alunos.

Considere fazer uma oferta nos sites de compras coletivas ou simplesmente uma ação temporal junto com as outras opções já destacadas (panfletos por exemplo).

No fundo, pense como poder motivar as pessoas e dar-lhes razões voltar depois que o negócio é feito.

#9: Outras Dicas:

Avalie e estude também outras possibilidades: fachada do seu estabelecimento, carro, traseiras de ônibus, rádios locais, email marketing, mala direta…

ATENÇÃO

Agora, se você só aceita agendamentos/reservas pelo telefone, você só tem um canal de vendas o que pode se tornar um problema caso alguma dessas campanhas seja realmente um sucesso!

Mesmo com todas os seus esforços a única maneira que um cliente pode marcar um horário com você é interrompendo o trabalho dele, pegando o telefone e discando o seu número.

Uma boa opção neste caso é considerar utilizar algum mecanismo de agendamento pela internet.

Dessa forma, você abre um novo canal de vendas para um novo horizonte de potenciais clientes.

Passando a agendar horários em tempo integral fora do horário comercial.

DICAS FINAIS

“As companhias prestam muita atenção ao custo de fazer alguma coisa.

Deviam preocupar-se mais com os custos de não fazer nada.”

Philip Kotler

Outros fatores importantes:

Sempre defina claramente o objetivo de qualquer ação de marketing

Pense em como poderá medir o efeito desta determinada ação para poder avalia-la

Faça as contas sempre. Mas mire no longo prazo!

Estude, pesquise e converse com especialistas. Assim você aumentar suas chances de sucesso.

Não tenha medo de testar e experimentar diferentes opções para divulgar seu produto.

Published by

Deixe um comentário